Luanda Lisboa Paraíso de Djaimilia Pereira de Almeida

Por que razão deves ler este livro?

Luanda Lisboa Paraíso é o segundo romance da escritora Djaimilia Pereira de Almeida e estou completamente rendida. Quero ler bem em breve o seu primeiro livro, Esse Cabelo! Neste romance, Cartola e Aquiles abandonam Luanda e partem para a Lisboa dos anos 80, deixando a restante família para trás. Lisboa, mais do que se afigurar como uma terra de oportunidades, simboliza a possibilidade de tratamento de um problema no calcanhar que Aquiles tem desde nascença. Porém, todos os sonhos e ilusões rapidamente se dissipam. A vida em Portugal, para este pai e filho, acaba por se revelar bastante precária, o que culmina na mudança das duas personagens para o bairro de lata fictício, chamado Paraíso.

Ler este livro fez-me perceber que tenho muitas saudades de ler literatura angolana. Há uma inocência, humor e simplicidade na literatura contemporânea dos autores com raízes angolanas que adoro e o estilo de Djaimilia enquadra-se nessa vaga de autores. ✍️ Ainda relativamente à escrita, sublinho que este livro tem passagens lindíssimas e inesquecíveis.

Além da escrita incrível, Luanda Lisboa Paraíso centra-se e denuncia temas prementes, permitindo-nos olhar criticamente a migração angolana e a precariedade e desilusão que Portugal oferece a esses mesmos migrantes.

Gostaria de agradecer à Gosto de Ler por me enviar um exemplar gratuitamente. Poderão comprar o livro aqui.

“De Portugal, a cidadania dos mortos foi o seu único visto de residência.”

IMG_1789

Sinopse:

Chegados a Lisboa, Cartola e Aquiles descobrem-se pai e filho na desventura. Até que num vale emoldurado por um pinhal, nas margens da cidade mil vezes sonhada pelo velho Cartola, encontram abrigo e fazem um amigo. Será esta amizade capaz de os salvar?

«Se o entendimento entre duas almas não muda o mundo, nenhuma ínfima parte do mundo é exactamente a mesma depois de duas almas se entenderem.»

Luanda, Lisboa, Paraíso, o segundo romance de Djaimilia Pereira de Almeida, é o balanço tocante de três vidas obscuras, em que esperança e pessimismo, desperdício e redenção, surgem lado a lado.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s